terça-feira, janeiro 02, 2007

A violência nossa de cada dia

O Brasil parece querer tapar o sol com a peneira e esconder a violência que assola o país, sobretudo o Rio de Janeiro. O tenente-coronel da Polícia Militar, Romão Villaça, responsável pela segurança em Copacabana, ressaltou que a virada do ano na concorrida praia carioca foi tranquila, pois SÓ (!) quatro pessoas foram atingidas por balas perdidas.

O pior de tudo é que os jornais compraram a tranquilidade vendida pelo comandante e ressaltaram a paz que dominou a entrada de 2007 no Rio.

(Foto: Copacabana)

Um comentário:

The human who sold the world disse...

hahaahah lembrei da minha tia falando no dia seguinte ao telefone: Não, não, só teve um tiroteio normal...

Como se isso fosse realmente normal...