segunda-feira, janeiro 08, 2007

O casaco do repórter

Em reportagem exibida no Fantástico - a revista eletrônica da TV Globo, que é campeã de audiência aos domingos - o repórter Vinícius Dônola fez um excelente trabalho ao falar sobre o aquecimento global e suas consequências para o planeta. O problema é que, mesmo falando da elevação da temperatura no mundo e estando em pleno verão, ele gravou passagens no Rio de Janeiro vestindo um grande casaco de frio. Sem noção.

3 comentários:

The human who sold the world disse...

Ela pode estar com as amigdalas inflamadas. Sei o q é sentir frio no verão... hehe

Anônimo disse...

Péssimo comentário! Mediante a situação agravante do aquecimento global, do ótimo trabalho apresentado, veêm se preocuparem com fato do jornalista está usando casaco no verão?????? Me polpe, aliás polpe o mundo de tanta futilidade!!! Siplesmente ridiculo!!!

Sergio Denicoli disse...

Em momento algum o trabalho apresentado foi criticado. Aliás, muito pelo contrário. No entanto, televisão é imagem e pede coerência até mesmo na roupa que o repórter usa. O casaco, que também compõe a reportagem, como elemento visual, estava completamente fora de sintonia com a matéria apresentada.
Seria a mesma coisa se um repórter fizesse uma matéria em Fernando de Noronha, vestindo terno e gravata. Esses deslizes desviam a atenção do telespectador do assunto exposto. São princípios básicos, aos quais a Globo, geralmente, costuma ser muitíssmo atenta.