domingo, setembro 10, 2006

A REDE GLOBO: DISSERTAÇÃO DE MESTRADO

Estou concluindo minha dissertação de mestrado que estuda o jornalismo internacional da Globo e a influência da tecnologia na cobertura feita no exterior. Alguns dados colhidos durante o estudo são impressionantes e mostram que a emissora, apesar dos constantes investimentos das concorrentes, continua praticamente hegemônica no Brasil. Ao longo dos próximos meses colocarei aqui no blog alguns resultados da investigação científica. Para o estudo analisei as reportagens internacionais exibidas durante 66 edições do Jornal Nacional veiculadas nos meses de agosto, setembro e outubro de 2005. Os dados ainda estão sendo compilados, mas deixo aqui alguns números que envolvem a emissora.

Atualmente a Rede Globo é composta por 121 afiliadas e chega a 99,85% dos municípios brasileiros.

Chega ainda a 130 países por meio da Globo Internacional, um canal pago distribuído via satélite.

No horário nobre 88% dos programas exibidos são de produção própria, o que equivale a produzir dois mil longas-metragens por ano e a audiência. Nesse horário, de cada 100 televisores ligados no Brasil, 75 estão sintonizados na Globo.

A emissora possui cerca de oito mil funcionários, sendo a metade desse total voltada para a criação direta dos programas.

O jornalismo conta com 28% dos investimentos da Globo com recursos humanos e envolve 2 mil profissionais espalhados pelo Brasil e pelo mundo.

3 comentários:

The human who sold the world disse...

Com tanto investimento por que as novelas continuam uma merda e as séries são piegas?

Sergio Denicoli disse...

Essa é uma questão relativa. As novelas têm muita audiência. O que é piegas? O que é uma novela ruim ou boa? Eu há tempos perdi a paciência com novelas... mas tem gente que não vive sem.
Em termos de qualidade técnica acredito que a Globo é insuperável na arte da teledramartugia. A emissora tem também atores excelentes.

Lidiane Amorim disse...

Olá! Estou pensando em fazer minha dissertação sobre jornalismo internacional, então gostaria de saber exatamente teu tema, teu foco, para não "te repetir", já que estou na fase de elaboração do projeto. Se quiseres me detalhar por e-mail, podes escrever para lidyamorim@gmail.com.

Obrigada e boa sorte no teu trabalho!!

Um abraço

Lidiane Amorim
mestranda pela PUCRS.
Porto Alegre/RS