quarta-feira, setembro 27, 2006

OS ADJETIVOS DA CAMPANHA ELEITORAL

Luiz Weis, do blog Verbo Solto, do Observatório da Imprensa, comenta:

"Numa conversa com uma fonte, um repórter da Radio Difusão Portuguesa (RDP), enviado ao Brasil para cobrir as eleições, dizia-se ontem espantado com a 'rudeza' da disputa política brasileira. 'Chamar o presidente de ladrão seria inconcebível no meu país', comparou."

Por que será?

Um comentário:

The human who sold the world disse...

E tudo vira festa!