terça-feira, maio 09, 2006

DINES DEFENDE FRANKLIN MARTINS

Alberto Dines (foto), do Observatório do Imprensa, defendeu Franklin Martins, criticou a Globo pela demissão do jornalista e questionou a credibilidade da revista Veja. Segundo Dines:

"É surpreendente a decisão da Rede Globo de não renovar o contrato com o jornalista Franklin Martins no exato momento em que este profissional está sendo alvo de uma abjeta campanha de difamação por parte do McCarthy tupiniquim, Diogo Mainardi. A mais poderosa empresa de comunicação brasileira abdica publicamente dos critérios de seleção de seus quadros, delega-os a uma empresa concorrente, a Editora Abril, e consagra de forma ostensiva o jornalismo de chantagem batizado em 1960 de 'imprensa marrom. (...) Até hoje Veja mantém uma implacável e sórdida Lista Negra que contraria todos os princípios de decência jornalística."

Leia aqui o "manifesto" completo.

4 comentários:

Carol Veiga disse...

Valorizo Alberto Dines. Concordo também que Veja tem sido o pior exemplo de cobertura jornalística no Brasil. Temo apenas pelos estudantes que ainda sem opinião formada, fica à mercê das sórdidas e implacáveis reportagens de Veja. É lamentável.

Sergio Denicoli disse...

Concordo plenamente Carol. Há tempo não leio a Veja. Aliás o nome deveria mudar de "Veja" para "Acredite se quiser".

jvk disse...

Falando em estudantes, lembro que durante o segundo grau inteiro era obrigatória a leitura da Veja para as aulas de português. A professora nos obrigava até a ler a coluna do, segundo ela, fantástico Mainardi. Revendo a situação, dou graças a Deus por não ter sido um aluno dedicado naquelas aulas.

Sergio Denicoli disse...

O pior é que até hoje deve haver professor que usa a revista em sala de aula.