segunda-feira, setembro 19, 2005

AÍ VEM BOMBA...


... e Severino que a aguarde. O procurador-geral da República, Antônio Fernando de Souza, acaba de dar uma declaração bombástica. Disse que já tem provas materiais contra o presidente da Câmara, Severino Cavalcanti. São documentos que comprovam, segundo ele, a denúncia de que Severino cobrou propina do empresário Sebastião Buani para prorrogar o contrato de exploração de um restaurante na Câmara. A papelada foi entregue ao procurador-geral da República "por livre e espontânea vontade". Não se sabe por quem. Mas isso, agora, é o que menos importa. (Foto: JB Online)

Um comentário:

Ed Dais disse...

Well, that could be true.