sexta-feira, fevereiro 03, 2006

CHARGES COM O PROFETA MAOMÉ: IRRESPONSABILIDADE DA IMPRENSA

O Ponto de Análises abomina com veemência a publicação, par parte dos jornais do ocidente, de charges ironizando o profeta Maomé. Os motivos do posicionamento do blog são os seguintes:

-Não se deve confundir liberdade de imprensa com irresponsabilidade de imprensa.

-É errado classificar toda uma religião de terrorista. Essa é uma visão maniqueísta e equivocada da imprensa ocidental, influenciada por meia dúzia de grupos midiáticos que determinam a agenda de notícias no mundo. Cabe lembrar que as religiões ocidentais, em nome de Deus, cometeram muitas injustiças ao longo da história.

-A imprensa deve primar pela ética e o respeito ao cidadão.

-É preciso reconhecer e aceitar as diferenças culturais que existem no mundo. Se os jornais não entenderem essa necessidade estarão colaborando para fomentar o ódio.

-Ser jornalista não é ser irônico, mas sim crítico e verdadeiro.

(Sobre o assunto indico a leitura do texto "Charges Polêmicas", do Observatório da Imprensa. Veja também um post deste blog sobre a religião muçulmana, escrito após uma viagem que fiz ao Marrocos.)

3 comentários:

Thaissa disse...

concordo!

Sergio Denicoli disse...

Fico feliz com a manifestação!

Valérya Próspero Cardoso disse...

pra ser sincera, não concorda a fundo não. O que esses terroristas fazem, tem a ver diretamente com a religião que eles pregam, e isso deve ser divulgado. Não são todos dessa religião terroristas, mas grande parte faria o que o chefe da religião pedisse (mandasse).