segunda-feira, fevereiro 20, 2006

SURGE PRIMEIRO VÍRUS DE COMPUTADORES MAC

Há alguns dias quando postei uma notícia sobre o aniversário de 20 anos do primeiro vírus informático, um dos leitores fez um comentário dizendo que utilizava o Macintosh e, portanto, estaria livre desse mal que até então afetava apenas o sistema Windows. Mas, infelizmente, essa exclusividade acabou. Foi detectatado hoje o primeiro vírus destinado ao Mac. O vírus chama-se Leap-A, também conhecido como ompa.A, e propaga-se através do programa de mensagens instantâneas iChat camuflado como uma imagen em formato jpg. O vírus marca com o texto "oompa" todos os arquivos infectados e edita-os, deixando-os inutilizados. É o bicho da Apple.

3 comentários:

luis santos disse...

Sérgio,

O "Atrium - Media e Cidadania" vai mudar.
De agora em diante está aqui:

http://www.atrium.wordpress.com

Peço desculpa pelo transtorno.
Obrigado.

luis

Sergio Denicoli disse...

Oi Luís!

Já atualizei o endereço na lista de links do Ponto de Análises e aproveitei para comunicar aos nossos leitores a mudança, que foi para melhor.

Abraço

Carlos Alberto Pinto Peixoto Bastos Santos disse...

Olá Sérgio,

Infelizmente tenho que dizer-lhe que grande parte da impressa é sensacionalista e desinformada e que Leap-A/Oompa-Loompa é nada mais que um trojan (cavalo de tróia em português).
Para um malware (um software criado p/causar danos) ser considerado vírus é necessário que ele se utilize de vulnerabilidades do sistema em que irá rodar e funcionar s/a necessidade de permissão/intervenção do usuário. Isso certamente não ocorre c/o Leap-A, pois ele fundamentalmente se utiliza de engenharia social.
Ele se disfarça como sendo uma imagem do novo sistema operacional da Apple (10.5, c/lançamento previsto para o ano que vem), atribuindo-se um ícono padrão do MacOS X de imagem. Esse artifício é facilmente refutado caso o usuário navegue no Finder (o análogo do Windows Explorer) por colunas aonde se verá claramente que ele é um programa, ou então abrindo suas propriedades aonde se poderá observar o mesmo. E para funcionar o usuário obrigatoriamente terá que executá-lo, coisa que um vírus não precisa.
Ademais, ele tem um virulência mínima, já que possui um bug que não permite propagar-se como deseja além de não danificar o sistema. No máximo apenas alguns programas terão problema ao funcionar, em que o simples processo de reinstalá-los corrigirá o importuno.
Finalmente a Apple, ao contrário da Micro$oft, foi rápida e em menos de uma semana lançou uma atualização de segurança que adverte aos usuários quando estão baixando programas tanto do seu navegador padrão (Safari, decerto MUITO mais seguro que o lixo do Internet Explorer que infelizmente muitos ainda usam) como do iChat (o programa de IM padrão). Vale lembrar novamente que essa atualização de segurança não corrige em nada o sistema, pois nele ainda não existem brechas de segurança, é apenas uma adição de caixas de diálogo para evitar a engenharia social em usuários incautos.
Para os que ainda tiverem dúvidas sobre esse trojan, recomendo a reportagem da revista MacWorld que esclarece melhor sobre este malware. O link é:

http://www.macworld.com/news/2006/02/16/leapafaq/

E veja o que diz a página principal deste anti-virus p/Mac sobre o número de vírus encontrados p/o Mac OS X:

http://www.clamxav.com/

Saudações;

Carlos Alberto Pinto Peixoto Bastos Santos