terça-feira, março 13, 2007

A comunicação empresarial e a transparência

"Já houve um tempo em que se falava da transparência como valor essencial das organizações, no seu relacionamento com a sociedade. Continua a sê-lo. A verdade, porém, é que a transparência tornou-se uma espécie de virtude inevitável, por decorrência dos costumes democráticos e das facilidades de acesso à informação.


E porque se tornaram inevitavelmente transparentes, as organizações devem ter cuidados redobrados com a coerência. Coerência entre o dizer e o agir, entre o que anunciam e o que vendem, entre o que fazem hoje e o que fizeram ontem, entre os compromissos públicos e as ações particulares.”


Manuel Carlos Chaparro (foto), em seu blog "O Xis da Questão", recém lançado.

Um comentário:

The human who sold the world disse...

É, é o que acaba nos levando à propaganda enganosa. Muito comum hoje em dia.
:-(