segunda-feira, agosto 22, 2005

EDUCAÇÃO ONLINE


Para a professora paulista Sônia Bertocchi (foto), fera na formação de professores digitais, os computadores não podem ser apenas objeto de exposição das escolas, ficando trancados em uma sala. Segundo ela, existem colégios que evitam o uso constante dos laboratórios de informática para evitar danos às máquinas. Muitas vezes esses PCs permanecem anos sub-utilizados até que ficam obsoletos. Em seu blog Lousa Digital, Sônia dá dicas de como usar a ferramenta de uma forma pedagogicamente correta. A professora está em Portugal, onde tive a oportunidade de conhecê-la.

4 comentários:

Sônia Bertocchi disse...

Olá, Sérgio. Obrigada. Muito importante para mim ser post no seu blog. Abraço grande, Sônia

Sergio Denicoli disse...

Gostei muito de conhecê-la e poder partilhar de seus ensinamentos.

Anônimo disse...

Ei, Sérgio! Tudo bom? Cheguei ao seu blog por meio da Fê Porcaro! Não sabia que vc estava em Portugual.. Já vi aqui no Espírito Santo várias escolas em que os labs de informática ficam realmente trancados pq, segundo as professoras, "como aluno é sempre um bicho triste, vão destruir tudo". Agora, há uma campanha falando sobre o mundo novo que os alunos da rede pública capixaba terão ao usar computadores. O problema é que há uma valorização excessiva da tecnologia como componente. O que pode trazer alguma mudança são as relações interpessoais. Mas, no ciberespaço, elas continuam muito parecidas com o que se vê na vida real. Ou seja, tá deixando a desejar... Na minha dissertação, que sai do forno até 11 de novembro (eta coisinha complicada, que a tal da dissertação! Mário Prata tinha razão qdo escreveu "A tese"...), trato do componente afetivo no ambiente virtual, que, pra mim, é o que fará toda a diferença. Tudo de bom por aí! Abraço, Jojo De Riz

Sergio Denicoli disse...

Muitíssimo interessante sua dissertação! Gostaria de ler e divulgar no blog, se for possível. Tenho lido algumas coisas sobre a Internet e acredito que ainda não temos idéia do que é a rede e no que ela pode se transformar. Portanto é valiosa qualquer pesquisa que nos traga o emocional para as discussões ainda tão tecnológicas. Parabéns, e obrigado por visitar o Ponto de Análises!